23 dezembro 2013

Lindo demais!!!


"Pois no mesmo fogo, o ouro dá brilho e a palha vira fumaça; debaixo da mesma debulhadora o talo é esmagado e o grão debulhado; a borra não é confundida com o óleo porque ambos saem do mesmo lagar. Assim, também, a onda de dificuldades testará, purificará e melhorará os bons, mas socará, esmagará e arrastará para longe os maus. Assim é que, sob o peso da mesma aflição, os ímpios negam e blasfemam de Deus, ao passo que os justos oram a ELE e o louvam. A diferença não está no que as pessoas sofrem, mas no modo que elas sofrem. A mesma sacudida que faz feder a água fedorenta faz o perfume exalar o mais agradável cheiro. (Agostinho)

22 dezembro 2013

A miniatura da manifestação do Reino



 Mateus 17:1 diz "Seis dias depois, tomou Jesus Consigo a Pedro, a Tiago e a seu irmão João, e os levou, em particular, a um alto monte". Uma vez que a transfiguração do Senhor aconteceu seis dias após as revelações concernentes a Cristo e à igreja no capítulo 16 (dadas no sopé do monte Hermon), o alto monte aqui deve ser no monte Hermon. Para receber a revelação relativa a cristo e à igreja, precisamos estar longe do ambiente religioso; mas para ter a visão do Cristo transfigurado, precisamos estar num alto monte, bem acima do nível terreno.
         O versículo 2 diz: "E foi transfigurado diante deles; o Seu rosto resplandeceu como o sol. e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz". Poucos  cristãos percebem que a transfiguração de Cristo foi Sua vinda em Seu Reino.(...) De certo modo, o Senhor voltará dos céus; mas de outro, Ele sairá de nós. Quando Ele manifestar plenamente Sua Pessoa a partir de nós, então será o tempo da Sua volta. Comparando Mateus 17:1 com 16:28, Sua vinda foi Sua transfiguração e Sua transfiguração foi Sua glorificação. Quando Ele foi transfigurado, Ele foi glorificado.
       (...) Onde Sua transfiguração esta, lá a vinda do reino também está. A vinda do reino é a glorificação do Senhor, Sua transfiguração; e Sua glorificação é Sua humanidade estando saturada de Sua divindade. Esse é o significado da transfiguração.
       Na transfiguração de cristo, Sua humanidade foi glorificada; ela foi introduzida na glória de Deus. Antes daquela hora, Deus estava Nele, mas Sua humanidade não estava na glória de Deus. Em Sua transfiguração, Sua humanidade foi totalmente saturada de Sua divindade gloriosa. Na manifestação vindoura do reino, Cristo será assim.
         O dia virá em que não somente veremos isso, mas também o experimentaremos nós mesmos. Agora temos a vida divina com a natureza divina dentro de nós. No entanto, ainda temos nossa humanidade natural. Não importa quanto espirituais e santos sejamos, nossa humanidade ainda é natural. Ela não foi saturada da glória divina, mas na época da manifestação do reino, nossa humanidade será glorificada pela divindade gloriosa dentro de nós. (Witness Lee)