Autenticidade da Bíblia

Um dos fatores predominantes, que alguns cientistas utilizam para negar a autenticidade da Bíblia, é a teoria da evolução, de Charles Darwin, na qual é afirmado que o homem é proveniente do macaco e veio evoluindo até chegar ao estágio atual. Mas atualmente, a própria ciência está descobrindo que Darwin estava enganado, pois dentro da cadeia de evolução, o fóssil do ancestral mais antigo do homem, é o do Ardipithecus, datado de 4,4 milhões de anos, no qual o homem era mais parecido com macaco do que como nós somos hoje, a questão é que foram descobertos  recentemente  fósseis de um homem que tem  a idade de 6 milhões de anos, o qual anularia toda a teoria da evolução, pois este homem tem as características da arcada dentária e de diversos outros ossos bem parecidas conosco. Outra coisa que tem tirado o credito da teoria evolucionista é o fato de que as gerações intermediárias, entre a suposta metamorfose de macaco para homem,  terem se extinguido de maneira inexplicável, o que torna mais evidente de que a Bíblia tem razão quanto a criação de Deus. Se estas conclusões que a ciência está chegando estiverem corretas, anula-se a teoria de Darwin e confirma-se a palavra de Deus. Caso você queira saber mais sobre está descoberta, leia a revista Veja, da Editora Abril, número 50, de 13 de dezembro de 2000 - páginas 88-90.


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog.
Vou estar sempre esperando por VOCÊ. :D
QUE O SENHOR TE ABENÇOE GRANDEMENTE.