Fiel é o amor do Senhor.


Estreita é a casa de minha alma para que venhas até ela: que seja por ti dilatada. Está em ruínas; restaura-a. Há nela nódoas que ofendem o teu olhar: confesso-o, pois eu o sei; porém, quem haverá de purificá-la? A quem clamarei senão a ti? Livra-me, Senhor, dos pecados ocultos, e perdoa a teu servo os alheios! Creio, e por isso falo. Tu o sabes, Senhor. Acaso não confessei diante de ti meus delitos contra mim, ó meu Deus? E não me perdoaste a impiedade de meu coração? Não quero contender em juízos contigo, que és a verdade, e não quero enganar-me a mim mesmo, para que não se engane a si mesma minha iniquidade. Não quero contender em juízos contigo, porque, se dás atenção às iniquidades, Senhor, quem, Senhor, subsistirá? (Agostinho de Hipona)

2 comentários:

  1. Querida amiga

    Como preciso de Ti meu Senhor.
    Aah como preciso.

    ResponderExcluir
  2. É tão lindo e verdadeiro quando reconhecemos que não fomos nós que O escolhemos, mas sim Ele que nos escolheu. E assim Ele tem escolhido a muitos, basta que ouçam a Ele quando Ele diz: “Vinde a Mim”.
    Paz do Senhor e grande abraço!

    ResponderExcluir


Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog.
Vou estar sempre esperando por VOCÊ. :D
QUE O SENHOR TE ABENÇOE GRANDEMENTE.