20 março 2017

Amar-nos mútua e ardentemente.


Deus é amor. Quando expressamos o amor, expressamos o próprio Deus. Na vida da igreja precisamos praticar o amor fraternal. Ademais, o amor entre os irmãos também é expresso quando reconhecemos que erramos e pedimos perdão. Caso contrário, esse amor fraternal não é absoluto. Por meio do Espírito, devemos amar-nos uns aos outros ardentemente.
Amar-nos mútua e ardentemente é permitir que sejamos queimados pelo fogo. Ainda que tenhamos tido insatisfação com certo irmão no passado, e sempre digamos que ele está errado, precisamos ir diante do Senhor e apresentar-Lhe essa situação. Temos de estar dispostos a receber a luz do Senhor para que essa situação não perdure e haja reconciliação.
Na semana anterior vimos acerca das provações, representadas pelo fogo que tem a finalidade de consumir o que é natural e conservar o que é espiritual. Por isso devemos prestar atenção ao versículo que diz: “se necessário” (1 Pe 1:6b). Se não formos queimados, nosso amor para com os irmãos é fingido. Devemos permitir ao Senhor queimar e purificar nossa vida da alma para que nosso amor não seja fingido. Isso é o que João disse: “Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê” (1 Jo 4:20). Fica evidente aqui que amar o irmão equivale a amar a Deus. Todo esse amor vem da vida. Tudo isso vem pelo nosso observar a verdade. A verdade do evangelho entrou em nós, por isso, quando a praticamos, nossa alma é queimada e transformada. Não mais restam impurezas. O que resta é algo mais precioso do que ouro perecível.
Por isso amamos os irmãos sem fingimento e no Espírito devemos amar-nos mútua e ardentemente. Essa é a vida da igreja que temos praticado. Todos os que estão no processo de crescimento de vida já experimentaram isso. Mas há muitas partes de nossa alma que não foram purificadas. Se houver insatisfação entre os irmãos, ainda há bloqueio, o que indica que nossa alma não foi purificada. E, sob a luz das Epístolas de Pedro, não há outra maneira de ser purificado, senão por meio da prova do ouro. Devemos ser provados para que no espírito possamos amar-nos uns aos outros ardentemente e sem fingimento. Graças ao Senhor. Essa é a vida da igreja, e também é o viver do povo de Deus no reino dos céus. Amém!

(Alimento Diário/Dong Yu Lan)

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog.
Vou estar sempre esperando por VOCÊ.


QUE O SENHOR TE ABENÇOE GRANDEMENTE.