Confiança em Deus.


      Muitos são os que já perderam a sua confiança em Deus. Andam tristes, desanimados, abatidos, cabisbaixos e sem forças de buscar ao Senhor. Já perderam a esperança e a confiança no Deus vivo, pois não sabem esperar o tempo certo do Senhor. Logo se desesperam e enfraquecem na fé, porque querem receber as bênçãos no seu tempo e não no tempo de Deus.

Mas o Senhor, com sua infinita sabedoria e misericórdia, sabe o que é melhor para os Seus filhos e também o tempo certo de entregar a vitória; senão desperdiçam a bênção de Deus, por não saberem administrar.

Bom dia!Abençoado sábado!


Abençoada noite para você!

Um alerta para todos nós.


Oi gente lida!
Quando puderem,se quiserem,dê uma olhadinha no texto que publiquei no blog do irmão Jesusmar./ESPAÇO DA FÉ.

ORAR SEMPRE!

Glória a Deus
“Continuem firmes na oração, sempre alertas ao orarem
 e dando graças a Deus.
Colossenses 4:2

Falar de Amor!


Edificação! ๏̯͡๏




"Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus" (2 Coríntios 1:3-4).
          Na maioria das vezes que o sofrimento bate à nossa porta ficamos sem entender as razões. Geralmente ficamos irritados e rejeitamos. Um filho de Deus deve encarar o sofrimento de outro jeito caso queria encontrar nele algum benefício. O apóstolo Paulo, que sofreu bastante por causa do evangelho, reagia bendizendo e exaltando o nome do Senhor. Ele sabia, de alguma maneira, que os sofrimentos provinham de um Pai misericordioso e que sabia exatamente aonde queria chegar.
              Nós não somos filhos bastardos, filhos sem pai. Nós temos um Pai que, por nos amar, permite que passemos por determinados sofrimentos, a fim de mostrar nossa condição espiritual. Muitas vezes achamos que tudo está bem conosco; imaginamos que estamos fazendo a vontade de Deus, que estamos corretos em nossa posição, olhamos para o nosso serviço ao Senhor e nos orgulhamos por considerá-lo maravilhoso. Nosso coração também por vezes fica duro como uma pedra. se não fossem os sofrimentos que Deus permite em nossa vida para revelar nossa verdadeira condição, ficaríamos enganados.
            Entretanto, aquele que abre a ferida é o mesmo que a vem untar. Sim, os sofrimentos podem resultar em choro, tristeza e angústia. Mas não nos esqueçamos de que temos o Deus da consolação. Ele é o pai amoroso que sempre vem enxugar as lágrimas e, o mais importante, Se acrescentar a nós. Se tivermos uma atitude correta com relação ao sofrimento, ele funcionará como uma chave que abre nosso ser para o Senhor entrar. E, quando Ele entra, podemos sentir o consolo, o suprimento e Seu grande amor nos transformando à imagem de Cristo.
            Os melhores consoladores são aqueles que já foram consolados. É muito ruim falarmos de nossa dor e angústia para uma pessoa que demonstra não estar entendendo nada. Mas, se alguém foi provado com sofrimentos pelo Senhor e, em vez de lutar contra a situação, nega a si mesmo, busca a luz para descobrir o que o Senhor está falando e volta-se a Ele em comunhão, em oração, aceitando a disciplina, certamente essa pessoa experimentará o consolo do Senhor. É esse tipo de pessoa que pode ajudar outras. Os sofrimentos são um tipo de linguagem de Deus que só podemos decodificar no Espírito. 

Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.

Jornal Árvore da Vida nº 258

A IGREJA...



A POSIÇÃO CORRETA DA IGREJA 

Nestes capítulos veremos que a restauração do Senhor importa-se com dois itens principais: a experiência plena de Cristo em nosso espírito e a vida prática da igreja. Há mais de cinqüenta anos, desde 1922 , o inimigo não tem cessado de atacar a restauração do Senhor. Durante os últimos anos nos Estados Unidos, os ataques têm sido sempre focalizados em dois pontos; o Espírito e a base da igreja. O inimigo tem tentado ao máximo derrotar-nos em relação à nossa experiência do Espírito e à nossa prática da base da igreja. Aqui vemos a sutileza do inimigo. O que o inimigo ataca são os pontos cruciais. Se o inimigo for atacar algum ponto específico, esse tem de ser um ponto vital. Por isso, temos encargo de tratar essas duas questões. 

“VOCÊ VAI SAIR DESSA”



Howard Rutledge chegou a um ponto em que apreciou seu tempo como prisioneiro no Vietnã. Ele escreveu: “Depois de vinte e oito dias de tortura, eu consegui me lembrar que tinha filhos, mas não quantos. Eu orei por força. Durante longos períodos de reflexão forçada, ficou bem mais fácil separar o importante do trivial. Minha fome por comida espiritual logo superou minha fome por carne. Foi preciso a prisão para me mostrar o quão vazia é a vida sem Deus.”
Deus está operando em cada um de nós, quer queiramos, quer não. Ele não tem prazer algum em fazer a vida difícil. Ele não se alegra nos nossos sofrimentos, mas tem prazer no nosso desenvolvimento.
 Filipenses 1:6 diz, “Deus começou um bom trabalho em vocês, e tenho certeza de que Ele o continuará até terminar, quando Jesus Cristo vier novamente.” 

Ninguém disse que a estrada seria indolor, nem fácil. Mas Deus usará essa bagunça para algo bom. Deus está fazendo o que é melhor para nós. Treinando-nos para vivermos Sua melhor santidade. Descanse nessa certeza …você vai sair dessa!

Max Lucado, em “VOCÊ VAI SAIR DESSA”

Fonte:

Oi!



O código que usei na postagem anterior deu certinho,tenho que ajustar o tamanho das imagens para ficar com um visual mais bonito.
Achei incrível.Clique e veja.Dá para ver as imagens sem que elas ocupem espaço.
Fico feliz quando o Senhor me ensina fazer as coisas.


Encontrei aqui...
https://www.dicasparablogs.com.br/2009/06/fazer-um-galeria-de-imagens-no-blog.html