30 de outubro de 2016

Cristãos ou avestruzes?


Há pessoas que creem com facilidade, que aceitam como boas quaisquer coisas extraordinárias e creem com fervor em coisas diferentes. Elas engolem qualquer tipo de testemunho ou fato, quando vê nele algum elemento novo, exótico, sobrenatural. Essas pessoas são facilmente enganadas e se parecem com o avestruz. O avestruz, quando é atraído por alguma coisa, tanto faz ser uma laranja, bola de tênis, canivete, tanto aberto quanto fechado, bloco de papel ou o que for, ele engole tudo. Tudo é comida.

Já encontrei cristãos que me lembravam o avestruz. São os que acham que já que têm de crer, crêem em tudo. Como eles foram chamados para receber as coisas que não veem, aceitam tudo que não tem explicação fácil, que é inacreditável. Sabem que Deus pode e faz sinais e maravilhas, portanto, tudo o que consideram milagre é de Deus. Para eles, já que Deus falava com os homens na Bíblia, todas as pessoas que afirmam receber revelação de Deus têm de ser aceitas como profetas. Tudo o que é extraordinário e inexplicável tem de ser aceito como coisa divina. Uma vez que os profetas foram rejeitados ao longo das épocas, todos os que são rejeitados por causa de alguma manifestação espiritual são profetas. Os genuínos santos de Deus foram mal entendidos, portanto, todos os líderes espirituais mal entendidos são santos.
Essas são teorias muito perigosas que levam facilmente ao engano. É preciso manter emoções saudáveis e ter mente sóbria. A alma saudável é como o sangue saudável. Ele tem de ter uma proporção adequada de glóbulos brancos  e vermelhos. Os vermelhos são com a fé: eles transportam oxigênio que da vida ao corpo. Os glóbulos brancos têm por função eliminar coisas venenosas e mortas. Portanto, esses dois glóbulos trabalham coordenadamente para manter a saúde do corpo. Um corpo saudável está preparado para expulsar todas as coisas mortas e venenosas.

Uma pessoa facilmente enganável é aquela que nunca  questiona, que crê absoluta e totalmente em tudo. Precisamos manter uma atitude de equilíbrio: ao mesmo tempo que devemos ter fé em Deus, precisamos manter um questionamento saudável em relação às coisas místicas e ocultas. Numerologia, astrologia, espiritismo, além das coisas estranhas e duvidosas consideradas religiões místicas, têm de ser rejeitadas. Além disso, tudo o que não tem registro na Bíblia, que não atende à lógica e ao propósito de Deus deve ser questionado. Todas essas coisas são venenosas e não devemos permitir que se instalem em nossa vida cristã. Temos Cristo. Ele é o caminho, a verdade e a vida. De que mais precisamos?

(A. W. Tozer, adaptado do original em coreano publicado por Korea Gospel Book Room)JORNAL ÁRVORE DA VIDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog.
Vou estar sempre esperando por VOCÊ.


QUE O SENHOR TE ABENÇOE GRANDEMENTE.